sexta-feira, 13 de outubro de 2017

P R I M I T I V I S M O



Tive um sonho esta noite com um  campo de concentração. Uma pessoa  ao levantar pela manhã, leva um tapa de um guarda. Assustado pergunta: Por quê? E o guarda diz: Aqui não tem por quê.

Desculpem:

“— Em Pindorama ainda dá para perguntar “por quê”? Ou essa pergunta já é obstrução da justiça?”

Ps: diante das manifestações de reacionarismo nas mídias sociais e na própria imprensa (e até nos meios jurídicos), como se houvesse uma conspiração contra a democracia e muita gente admitindo esses absurdos, pedindo a volta da DITADURA, cheguei a conclusao que:



O BRASIL SEDIOU COPA, OLIMPÍADAS, AGORA VAI SEDIAR A IDADE MÉDIA!!!I

sábado, 7 de outubro de 2017

Quando estamos indo pro brejo.




     Quando políticos lutam por cargos em secretarias e ministérios não porque tenham qualquer relação com a área, mas porque secretarias e ministérios têm verbas — e isso é noticiado como fato corriqueiro da vida pública...
     Quando representantes do povo deixam de ser povo assim que são eleitos, quando se criam castas intocáveis no serviço público, quando esses brâmanes acreditam que não precisam prestar contas a ninguém — e isso é aceito como normal por todo mundo...
     Quando as suas escolas e os seus hospitais públicos são igualmente ruins, e quando os seus cidadãos perdem a segurança para andar nas ruas, por medo de bandido,  ou por medo de polícia...
     Quando não protege os seus cidadãos, não paga aos seus servidores, esfola quem tem contracheque e dá isenção fiscal a quem não precisa...
     Quando os seus poderosos têm direito a foro privilegiado...
     Quando se divide, e quando os seus habitantes passam a se odiar uns aos outros...
     Quando despenca nos índices de educação, mas a sua população nem repara porque está muito ocupada se ofendendo mutuamente nas redes sociais...

Estanos indo pro brejo.
Enquanto isso tem gente nas ruas estourando fogos pelos times de futebol!

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

VAMOS CUMPRIR COM O NOSSO DEVER.

     O exército lançou sobre a Rocinha,através de um helicóptero, panfletos pedindo à população que  denunciasse bandidos e traficantes.
   Vou cumprir com meu dever.
 Algumas denúncias de perigosos bandidos e traficantes!!

24 de novembro de 2014, a Polícia Federal fez a apreensão de 450 kg de cocaína dentro de um helicóptero perto da cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo.
A aeronave pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella (PTB-MG).
Três horas e meia antes da apreensão pela polícia, o helicóptero teria parado para abastecer a 14 quilômetros da pista de Cláudio, que pertence à família de Aécio Neves.
O aeroporto foi construído pelo governo de Minas Gerais na gestão de Aécio Neves, que gastou 14 milhões de reais num município de 25 mil habitantes.
Até agora...ninguém foi preso.

Breno Fernando Solo Borges, de 37 anos, foi detido em abril com 130 quilos de maconha, centenas de munições de fuzil e uma pistola nove milímetros. Breno é filho da desembargadora Tânia Garcia, presidente do Tribunal Regional Eleitoral e integrante do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ele esta solto!!
Avião com 500 quilos de cocaína decolou de fazenda da família de Blairo Maggi.
De acordo com a FAB, a informação de que a aeronave decolou da fazenda Itamarati foi fornecida pelo próprio piloto.
A confirmação do local exato da decolagem fará parte da investigação conduzida pela autoridade policial, mas parece q o piloto mudou a versão e o ministro está solto.
Pronto, cumpri meu dever de "cidadão de bem", agora vão lá e façam a parte de vocês!!

sábado, 26 de agosto de 2017

COMO SERÁ O AMANHÃ

  

  Esta semana me desafiei, fui a palestra do deputado federal Jair Bolsonaro, feita no Cine 9 de abril, Volta Redonda,rj.

  É fácil ouvirmos palavras que são músicas aos nossos ouvidos, porém, e aquilo que dói, como vou reagir?
  Durante o discurso do deputado, fiz algumas anotações, esperançoso de ouvir quais seriam seus planos para o Brasil, fiquei desapontado.
  As contradições no discurso de um indivíduo que não possui oratória e gagueja em cada três palavras:
       1. “Defendemos a democracia, mas temos que acabar com a esquerda no Brasil”.
       2. “A peste de ‘homofóbicos’ não podem parir”. (É, isso mesmo. Ele quis ofender os gays, os chamando de homofóbicos.)
      3. “O que menos precisamos é de falar sobre política”. (OI???)
Pontos positivos em seu discurso, segundo MINHA opinião:
      1. Ele critica o DISTRITÃO.
      2. Critica o poder da  mídia.
      3. Valorização dos professores.
      4. Proteção feminina com porte de armas. ( É CONTRADITÓRIO, PORÉM CONVeM ESTUDAR.)
Pontos negativos em seu discurso, segundo MINHA opinião:
      1.As tribos indígenas e os quilombolas não precisam de terra. (DOEU NA ALMA.) Segundo ele, indígena gosta de assistir TV, jogar bola e arrancar uns dentinhos no médico, ou seja, eles precisam ser civilizados, são tratados como animais, reclusos na Amazônia. (INDÍGENA PRA ELE SÓ EXISTE NA AMAZÔNIA.) Sendo assim, as tribos entregam suas terras e irão viver felizes para sempre na cidade. O deputado deu como exemplo a tribo Ianomâmi (ISSO ME DOEU MUITO, ASSASSINANDO TODA LUTA DOS IRMÃOS VILLAS-BÔAS PARA A CRIAÇÃO DO XINGU.)
     2. Mexer no currículo escolar, pois ideologia de gênero é inadmissível. João é João e Maria é Maria. “Pau neles”, quem tentar falar o contrário.
     3. “Graças a Deus não entendo de economia”. (OI? ENGASGUEI NESSA HORA.) Logo, você? O mito? E o país que vc. quer governar?
    4. Lei do feminicídio é coisa de gente mimizenta.
    5. Cotas raciais é dividir negros de brancos. (AULA DE HISTÓRIA E HERANÇA CULTURAL, CADÊ?)
    6. Os médicos cubanos estão aqui para implantar o comunismo. (EU RI, QUASE MORRI.)
    7. Vagabundo tem que tomar uns 20 tiros de policial, no mínimo.
    8. Piadas de cunho sexual. (SIM, E OS ELEITORES AMAM.)
    9. No seu governo não haverá Ministério do Meio Ambiente. (ACREDITEM.)
   10. Em nenhum momento, a platéia pôde fazer perguntas. E a educação, saúde e segurança pública? Então… Ele desconhece esses elementos sociais.


Eu fui à tal palestra democraticamente, em nenhum momento disse palavras de ódio contra nenhuma pessoa que lá estava, porém o mesmo não aconteceu comigo. Pessoas que  eu não  conheço, dois grupos diferentes proferiram palavras de baixo calão em direção em que eu estava.
“ COMUNISTA. MORTADELA. VAI PRA CUBA. PIRANHA(para algumas moças que estavam perto de mim)e, VOCÊ É UM DESPERDÍCIO DE MULHER”.
  Esses insultos gratuitos ,majoritariamente vindos de homens, simplesmente por querer ouvir o que um político tem a dizer, num espaço abertos a todos, em um sistema DEMOCRÁTICO.
Triste em saber que a maioria dos ouvintes ali possuíam entre 18 a 25 anos de idade, não, não são crianças. É assustador não o Bolsonaro, pois ele é um personagem, mas sim a quantidade de pessoas que o veneram. Sim, VENERAÇÃO. Isso é perigoso. As pessoas não queriam saber o que ele tinha a dizer, só queriam gritar “MITO”, criado por aqueles que o idolatra.
 E àqueles que me xingaram, ( me incluo no grupo majoritariamente feminino) vocês são meus adversários e não meus inimigos.


 Eu esperava ódio, porém não sabia que seria tanto!

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

FIGURAS GROTESCAS



Quanto mais fanfarrões, mais eles conseguem mais espaço na mídia e, no fim das contas, no coração do povo. Sua patetice é muito bem pensada por que o grotesco dá ibope.Não é àtoa que o prefeito de São Paulo, João Doria, se veste de gari. E é inevitável lembrar também de Bolsonaro, outro que se aproveita muito do discurso idiota para frequentar as manchetes e as redes(anti)sociais. ‘Ridículo político’ é fundamental nestes dias de sem-vergonhice ampla, geral e irrestrita. 

A chegada do Trump ao poder prova que o discurso barato, o autoritarismo e a intolerância estão tomando o  lugar da democracia. E esse processo está se repetindo em vários cantos do mundo e, minando os caminhos que ainda temos para brigar pelos direitos de mulheres, gays, negros e outros tantos segmentos (não minorias) que sempre foram marginalizados. Entender estes nossos tempos conturbados e  suas figuras grotescas, nos ajudará a superar estes obstáculos!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Bolivariano,Comunista,Petista...


Em alguns paises da Europa, como por exemplo na França, o ano escolar começa no início de setembro.
Para ajudar os pais a comprar o material escolar, o governo francês (bolivariano-petista-comunista, sem dúvida) paga a cada família uma verba que varia de 364,08 euros (R$ 1.310,00) a 397,48 euros (cerca de R$ 1.432,80), de acordo com a idade dos filhos, que pode ser de 6 a 18 anos.
Mas isso é só uma das modalidades do que se chama em francês de "allocations" (esse termo que deve ter origem em algum livro de Marx, sem dúvida).
Se uma pessoa tiver dois filhos, ela tem direito a receber POR MÊS uma "allocation familiale" de 129,47 euros (R$ 466,20), se tiver três filhos, 295,35 (R$ 1.062,00), se tiver filhos suplementares, 165,88 euros (R$ 597,00).
A partir dos 14 anos e até completar 20, esses valores aumentam , porque o governo bolivariano-comunista-petista acha que as famílias dos "vagabundos" franceses têm mais despesas com os filhos à medida que eles crescem.
Esse tipo de auxílio à "vagabundagem" existe em vários países da Europa.
Ainda bem que nós, que vivemos numa democracia e que tiramos os corruptos e comunistas do poder por meio de um justificado golpe de Estado jurídico-parlamentar, estamos livres desse tipo de "demagogia" e de "populismo".
Bolsa-família, para quê, né? Nossa gente pobre é pobre porque quer. Bom mesmo é viver por aqui, né?
Um país sem violência social, sem resquícios de escravatura e onde todo mundo pode ter sucesso graças aos próprios "méritos".

domingo, 13 de agosto de 2017

Procure informações dos deputados .

Os  motivos falado por deputados no processo de impeachment da presidenta Dilma, por acusação de‘pedala da fiscal’,e negativa de  da denúncia apresentada pelo MP contra o Temer, por corrupção, por mais absurdas que pareçam, são adequadas. Deputados votavam em nome de Deus, da família, da nação, da pátria, do Brasil, do crescimento econômico, além de outros conceitos abstratos e indeterminados.
Conceitos abstratas escondem a situação concreta: o Temer nomeou intermediário para receber propina. O intermediário foi pego recebendo mala com R$500mil, teve o mandato cassado, devolveu o dinheiro e está preso. Os deputados deveriam analisar,  é crime capaz de justificar um processo. Mas a maioria optou por considerações subjetivas. Justificativas em nome de Deus podem ser sinceras. Afinal, cada um constrói uma imagem de Deus a sua imagem e semelhança. Muitos deputados devem imaginar Deus tão filho da puta quanto eles são. Os que votaram pela ordem econômica também devem estar certos. Afinal,com a liberação de emendas, o que não podem reclamar é do crescimento de seus patrimônios. Se os excluídos continuarão excluídos e faltará dinheiro para programas, como o Bolsa Família, para a Educação ou para os hospitais, pouco importa. Suas economias estarão mais fortes a partirdo doapoio ao Temer. Nada mais sincero que o discurso de quem vota em nome da família. Claro que não é de todas as famílias. Mas de  suas famílias. O patrimonialismo se caracteriza por processo de apropriação  do bem público a ganância e o desejo de  dar melhor qualidade de vida aos familiares e descendência justificam a acumulação pessoal. Mas,também,vagos são os votos em nome do Brasil. Afinal, que Brasil? O que tem sede ou o que vive da seca? O que tem talher de prata ou o que voltou a passar fome? O dos trens da alegria em Brasília ou o dos trens Urbanos?
O que aconteceu é que uns milionários cansaram de brincar de democracia e pagaram aos deputados para fazer uma estúpida classe média de pato, com direito à camisa amarela da CBF.